12 de fev de 2011

Review de "Terror"


Saímos de um episódio emocionante que Foi "Thicker Than Blood" pra mais um episódio fantástico de Flashpoint. Esse foi "Terror", que conta a história de um rapaz transtornado que invade um restaurante e colocando Jules e Steve em perigo.

Pra quem estava sentindo a falta do Steve (o que eu duvido) ele retorna em "Terror" levando Jules pra um encontro em seu dia de folga. Enquanto tomam um sorvete, Steve chama Jules para um novo encontro, mas ele ficou sem saber a resposta quando tiros são ouvidos do outro lado da rua. Steve sai correndo seguido por Jules onde eles chegam em um restaurante e vê um homem com uma arma. Jules liga pra SRU pedindo apoio e Sam fica logo preocupado. Ela tenta impedir Steve de entrar mas não deu muito certo e acaba seguindo ele.

Os dois entram no restaurante e Steve tenta ajudar o homem baleado. O suspeito faz os dois de refém. A SRU chega ao local analisando as possibilidades. Jules entra em contato com eles por mensagem avisando que o homem procura alguém chamado Ryaz. Jules tenta conversar e convencer o suspeito a deixar Steve ajudar. Spike descobre informações e Wordy e Ed fazem a busca do lado de fora e instalam a câmera. Jules e Steve tentam salvar o homem baleado quando a SRU liga. Ela atende o telefone e Greg está do outro lado da linha. O suspeito começa a falar de bombas e de repente vê Jules não com o telefone, mas com uma arma. O suspeito ordena que Jules deixe a “arma” de lado. O time descobre mais informações sobre o suspeito, David Lagosto. Ed e Wordy seguem para a casa de Ryaz. Sua mulher não os deixa entrar. Eles invadem a casa e pegam Ryaz. O pai de David conversa com o Greg onde conta toda a história de seu filho, que sofre de esquizofrenia. Ryaz diz a SRU das ameaças pelo fato de o considerarem terrorista. O assistente social do lar comunitário onde David vive. ao restaurante e diz a SRU que David ultimamente estava falando muito sobre terrosismo. Dentro do restaurante, Eric, o homem baleado acaba morrendo. Uma das reféns se revolta e David começa a ter alucinações e atira, mas Steve entra na frente e os dois caem. Ele está baleado. Jules corre até ele e tenta estancar o sangramento. Ryaz conta a Ed o porque das acusações contra seu nome. A ATU investiga e limpa o nome de Ryaz das acusações. No restaurante os reféns começam a se agitar. Sam abre caminho para chegar até Jules. Spike descobre que as ameaças a Ryaz viam de David. Ryaz é levado para interrogatório e sua mulher e filho seguem para a mesquita.

Os reféns se revoltam e Sam chega a tempo, ele se passa por soldado e Jules consegue arrancar a arma de David e o prender. No lar comunitário Ed encontra substâncias pra fazer um gás. David sai sob custódia e Steve é levado pelos médicos , mas antes Sam vê Jules dar um beijo em Steve. Spike descobre que Cive Irwin, o assistente social estava por trás de tudo. A SRU chega até a mesquita onde Clive se encontra. Ele ameaça a detonar a bomba enquanto Greg o convence a desistir. Cilve detona a bomba e a SRU tenta evacuar o local. Ed tira o garoto Sayd de dentro da mesquita. Clive esta morto. Na SRU Ed conversa com Greg sobre o ocorrido. Jules deixa a estação rapidamente e no caminho se encontra com Sam eles trocam olhares e ela sai. Ryaz encontra-se com sua família no hospital. Sam recebe uma carta de Winnie deixada por Jules, que dizia: ”Obrigada por hoje, fazemos uma bela equipe. J__”. No hospital Steve acorda e conversa com Jules sobre seus planos mas ele percebe que ela não tem os mesmos planos, pelo menos não com ele, então a deixa ir.

Depois de um episódio que podemos considerar da Jules, que foi "Thicker than Blood", mais um episódio, dessa vez um pouco mais focado no casal Jules e Sam. Jules percebe que Steve não era o cara certo e que ainda sente atração por seu colega de equipe, Sam Braddock. Ótima virada no roteiro onde o culpado acabou sendo quem deveria ajudar. Steve faz sua despedida da série, tenho certeza que alguns fãs não sentirão sua falta. Parabéns novamente vai pra Amy Jo Johnson, que vem ganhando um espaço fenomenal na série, e talvez esse tenha sido o episódio dela nessa temporada, onde até sua música "Goodbye" foi tocada no final.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentários com spams, propagandas, correntes, assuntos fora do contexto da matéria ou do Fansite e conteúdos ofensivos, serão excluídos, assim também como comentários anônimos.