24 de out de 2011

Hot Call, Gear Up!


Notícias rápidas:

• Nessa terça feira, a ION Television exibe mais um episódio inédito de Flashpoint: "The Cost Of Doing Business" indo ao ar às 10 da noite, em seguida vai ao ar o episódio "Good Cop". A série está em hiatus na CTV do Canadá e os episódios inéditos voltam dia 1° de Novembro.

• Segue mais um entrevista com ator Hugh Dillon na semana de promoção da série em Nova York. Dessa vez para o programa AM Northwest: clique aqui.

• Com vocês sabem as gravações de Flashpoint foram encerradas em Setembro. E o que os atores estão fazendo por ai? Bem, Na semana pssada o elenco principal esteve em Nova York para promover a série, mas tem mais coisas pra acontecer. Segue abaixo a agenda dos atores:

Sergio Di Zio
está em cartaz no teatro Tarragon em Toronto com a peça "Name in Vain" no qual ele intepreta um monge. Hugh Dillon cai na estrada para uma sequência de shows com sua banda "The Headstones" em Dezembro, começando em Londres no dia 8 e terminando em Calgary dia 30 . E por falar em show, depois de 4 anos sem tocar ao vivo, Amy Jo Johnson pega o violão e se apresentará no "Free Times Café" em Toronto no dia 6 de Novembro às 7:30 da noite. O show terá a participação de Michael Cram. Fãs de Flashpoint brasileiros que estiverem no Canadá, podem aproveitar as três oportunidades de encontrarem os atores por lá.

20 de out de 2011

ION promove festa de lançamento de Flashpoint


Como foi noticiado aqui antes, o elenco principal de Flashpoint foi para Nova York para ajudar a promover a estréia da série no canal ION, no dia 18/10 (terça-feira). A emissora promoveu uma festa de lançamento no restaurante "A VOCE" em Nova York, onde o elenco assitiu junto com os convidados o episódio "Grounded" que marcou a estréia de Flashpoint na ION. Logo depois, Hugh Dillon, Amy Jo Johnson, David Paetkau e Enrico Colantoni posaram para fotos.


A ION TV doou 25.000 dólares para "The NY Police & Fire Widows' & Children's Benefit Fund " de Nova York. O elenco participou da doação entregando um cheque simbólico gigante ao presidente da instituição Stephen Dannhauser.

E não para por aí, hoje de manhã saiu a audiência da estréia e Flashpoint teve 1.3 milhões de espectadores, deixando a ION em 9° lugar entre todos os canais a cabo da noite. Além disso a promoção Flashpoint Alert, que dá a chance dos fãs ganharem prêmios em dinheiro, recebeu 102.000 inscrições em quatro semanas e se tornou o concurso de mais sucesso na história da emissora.

Fonte: ION

19 de out de 2011

Enquete: Vote no novo banner do blog!

Pra comemorar o segundo aniversário do blog, resolvemos mudar o banner principal. E pra isso pedimos ajuda de vocês. Participe da nossa enquete e nos ajude a escolher o novo banner!

A enquete está na nossa barra lateral e pra escolher o banner é só clicar na miniatura para ver a imagem em tamanho maior. Vamos votar pessoal!!!

18 de out de 2011

Flashpoint faz sua estréia na ION TV


Hoje é um dia de comemoração para os fãs Americanos. Depois da CBS ter deixado a série, os EUA ficaram sem os episódios da segunda parte da 4° temporada de Flashspoint. Mas por pouco tempo. A ION tv, canal pago dos EUA, levou Flashpoint pro canal. Além da 4° temporada, a ION agora tem os direitos de exibição de todas as temporadas, e irá começar a transmissão em breve. Mas hoje o canal exibe "Grounded" marcando a volta da série nos EUA.

A ION TV está fazendo uma grande promoção da série em seu canal. Além de comerciais na TV, estão publicando em revistas e jornais anúncios sobre a premiere de hoje à noite. O site também está cheio de novidades, incluíndo uma promoção. E não para por aí, outdoors e propagandas estão espalhadas em Nova York. E por falar em Nova York, o elenco "chave" de Flashpoint já está na cidade desde ontem para promover a estréia. E Hugh Dillon já concedeu uma entrevista ontem a noite ao "News 10" :




Parabéns a ION pela enorme divulgação da série. O episódio "Grounded" vai ao ar hoje às 10 da noite, seguido do episódio "Shockwave". Os episódios serão reprisados nas quartas e sábados. Para mais informações sobre a programação de Flashpoint, visite o site da ION: aqui

15 de out de 2011

Flashpoint-Brasil completa 2 anos!




Hoje o Flashpoint-Brasil completa 2 anos! Gostaríamos de agradecer a todos os fãs que acompanham o blog desde o início e quem conheceu o blog a pouco tempo, os fãs que também nos segue no twitter, que curtem nosso canal no youtube. Super obrigada a todos vocês pelas mensagens de incentivo.

Depois de 2 anos de existência, podemos dizer que o blog não é mais somente do Brasil. Os fãs internacionais também estão sempre presentes. Obrigada a todos, especialmente aos fãs dos Estados Unidos, Portugal e Canadá por serem os países que mais visitam o blog, sendo segundo, terceiro e quarto lugar respectivamente audiência.

O número de visitas no blog cresce a cada dia. Novamente agradecemos pro fazerem o blog junto com a gente, participando de enquetes, chat e etc. Nós fazemos isso para os fãs e que venha mais uma ano! Valeu pessoal!

11 de out de 2011

Sinopse " Wild Card"


"Wild Card"
é o episódio número 11 da 4° temporada e vai ao ar hoje pela CTV às 8 da noite.

Sinopse: "Um assalto à mão armada expõe a vida dupla de uma mãe, enquanto Ed (Hugh Dillon) aposta sua própria segurança e uma promessa que ele fez para sua família."

9 de out de 2011

Comentários de "The Cost Of Doing Business"

E com "The Cost Of Doing Business" a 4° temporada de Flashpoint completa 10 de 18 episódios.


Pra quem é fã do casal Jules e Sam, o episódio deixou no ar a alegria do casal continuar junto e a dúvida no ar...e agora?

Em uma bela manhã de segunda feira, Greg Parker vai a casa de Jules entregar a carta que a premiava como a policial do ano. Mal ele sabia que alguém mais estava na casa...Sam. Depois de um sermão...ou melhor uma bronca daquelas nos dois, pois ele se sentiu traído, Greg acabou admitindo que sabia...mesmo ele não querendo acreditar. Mas em relação aos dois, no final, Greg acabou autorizando o relacionamento. Agora entra a grande questão...poderá Jules e Sam colocarem o time em risco? Sim, tudo pode acontecer na série, mas se algo acontecer com o time por causa deles, o casal não pode ser o único culpado, pois Greg autorizou. Quando Toth disse para Greg lá em Fault Lines que ele tinha que escolher em ser o pai ou sargento, nesse episódio ele escolheu a primeira opção. Se algo acontecer, Jules e Sam não poderão ser culpados sozinhos pois Greg deu sinal verde. Alguém aí descorda?

Voltando ao contexto da história, Esmeralda ou Esmie passou por trancos e barrancos nas mãos de sequestradores a anos atrás, teve seu futuro destruído e agora queria vingança e virou sequestradora. Martin naõ quis colaborar mas depois tentou corrigir seus erros . No final do dia, Jules novamente arrasando do discurso consegue distraír Esmie e Sam arranca a arma de suas mãos.

Tivemos nosso querido Wordy de volta e essa não será a última participação dele na série. O personagem é querido pelos fãs e os escritores sabem disso.

E que venha o próximo episódio!

Comentários de "The War Within"


"The War Within"
, esse foi o episódio número 9 da 4° temporada.


Com um tema nunca antes abordado em Flashpoint, o 9° episódio veio causando emoção. Diferentemente de "Shockwave" e "Grounded" que foi ação do início ao fim, "The War Within "foi mais tranquilo, mas não menos emocionante.

O episódio veio contar a história de um casal homosexual que acabou sofrendo bullying por parte dos amigos da escola por causa de um video espalhado na internet. A falta de apoio da família e uma terapia que só incentivou a agressividade fez com que Ry tentasse o suícido. É nessa hora que entra os nossos heróis da SRU. Ed tenta de todas as formas convencer o menino a não se matar mas não adiantou, ainda bem que Raf estava lá para salvar o dia.

A trama foi focado em Ed e Greg. Ed com problemas com seu filho Clark, que já não é nenhuma criança mas acabou perdendo um pouco de atenção por causa de Izzie e Greg e seu relacionamento com Marina, que no final acaba dando uma chance pra moça. Realmente espero que esse relacionamento engate. Greg está precisando de uma companhia.

Os parabéns dessa vez vão para os escritores que foram super bem em abordar dois temas bem atuais: o combate a homofobia e o bullying. É Flashpoint fazendo também sua parte social e ficando a cada episódio melhor.

6 de out de 2011

Aniversário e entrevista : Amy Jo Johnson

Hoje é aniversário da nossa querida Amy Jo Johnson, a dama de Flashpoint!


Nós do Flashpoint-Brasil desejamos um Feliz Aniversário e muito sucesso pra Amy, tanto em Flashpoint quanto em sua carreira musical . Parabéns Amy Jo!!!

Mande os parabéns pra Amy no twittter @_amyjojohnson e usem a tag #HappyBirthdayAmyJo

Pra você que é fã da Amy e quer fazer sua homenagem, o nosso parceiro Amy Jo -Brasil está fazendo uma campanha de aniversário, corre lá pra conferir.

E não acaba por aí, hoje é dia da Amy então segue abaixo uma super entrevista com ela feita pelo site zapit2.com:
-------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
Zap2it: "Amy Jo Johnson de Flashpoint tendo um momento incrível como atriz e mãe"

Por: Jay Bobbin

Amy Jo Johnson não apenas conseguiu o seu trabalho mais longo, ainda na série "Flashpoint", ela também conseguiu um novo lar.


"Felicity" e "Mighty Morphin Power Rangers" foram deixados para trás com o drama da polícia canadense durando o suficiente para mudar de emissora norte-americana. Depois de quatro ciclos na CBS - onde era usada principalmente na programação de verão - a série muda durante essa temporada, quando a primeira exibição dos episódios retoma na terça-feira, 18 de Outubro, na ION.

Continuando com seu papel como membro da equipe de negociação de reféns Julianna "Jules" Callaghan, Amy que é nascida em Cape Cod, Massachusetts, se mudou com o marido Olivier Giner e sua filha Francesca, de quase 3 anos de idade. Eles agora vivem em tempo integral em Toronto, onde "Flashpoint" é filmada (e exibida no seu canal de produção, a CTV).

"Você sabe o que é engraçado? Eu nunca fiquei totalmente em uma série até ela ser terminada", diz Amy ao Zap2it. "Deixei Power Rangers depois de alguns anos nele, e eu deixei Felicity depois de dois anos, então essa é a primeira vez que eu estou levando o trem diretamente para a estação. E eu estou realmente gostando."

"Eu acho que é apenas um momento diferente na minha vida. Eu não preciso sair da série na esperança por algo melhor. Eu amo essa série e eu amo as pessoas envolvidas, e eu sinto realmente abençoada de termos sido pegos por mais uma temporada. É algo incrível."

Amy Jo Johnson realmente tirou uma folga de 'Flashpoint' no início da série para o nascimento de Francesca, tendo a atriz Jessica Steen (que ainda faz aparições na série) preenchendo seu lugar, interpretando uma outra oficial.

"Eu terminei a primeira temporada em cerca de sete meses de gravidez", lembra Johnson, "então todos voltaram cerca de dois meses depois que eu tinha dado à luz. Esperei mais dois meses antes de voltar, então eu acho que eu perdi cerca de seis episódios... Mas eu precisava disso, com certeza."

Também uma musicista, assim como muitos de seus co-protagonistas de "Flashpoint", Johnson sente que tem que ficar ativa profissionalmente para ser eficaz como uma mãe. Ela relata sobre quando voltou para "Flashpoint", depois de ter sua filha: "Meu marido tirou uma licença de paternidade, e foi realmente um momento incrível. Ele estava com o bebê, e eles vieram para o set, enquanto eu estava trabalhando. Foi incrível."

"Percebi o quanto eu preciso trabalhar para ser uma boa mãe. Eu sou o tipo de pessoa que precisa estar cumprindo comigo mesma criativamente. Estarei de folga por quatro meses, o que é ótimo, desde que eu realmente me concentre em Francesca, toque meu violão e escreva. Durante esta temporada que acabamos de filmar, eu trabalhava apenas três ou quatro dias por semana, por isso não tem sido tão difícil. Isso realmente funcionou. "
-------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

4 de out de 2011

Sinopse de "The Cost Of Doing Business"

Mais um episódio inédito vai ao a hj pela CTV às 8 da noite: "The Cost Of Doing Business"

Sinopse: "A Equipe Um acha que eles têm um caso simples em suas mãos, e as coisas ficam complicadas quando uma entrega de dinheiro que deu errado leva o caso em uma direção totalmente nova e agora eles têm de aprender sobre seqüestro internacional expresso, a fim de ajudar a libertar a CEO de uma empresa ."

3 de out de 2011

Comentários de "Grounded"

"Grounded", 8° episódio da 4° temporada, veio com tudo, muito drama, ação e emoção.

*CONTÉM SPOILERS*


Um episódio que seria o 12° da temporada , acabou sendo escolhido pra ser a premiere da midseason de Flashpoint. E não decepcionou. Apesar de não concordar muito com a mudança de ordem dos episódios, admito que foi...wow...

Seguindo a mesma linha de "Shockwave" o episódio começa sem rodeio, direto ao ponto. Um grupo de sequestradores ameaça passageiros dentro de um avião. A equipe um é chamada pra resolver a situação.

Greg parecia muito tenso o tempo todo, na verdade ele anda muito tenso nessa temporada não acham? Pode ser toda a situação que o time está passando, estão sobre a vigilância do Toth, saida de um membro entrada de outro. É melhor se cuidar Greg!

A história foi muito bem desenvolvida, muita bem dividida entre o elenco. O que me chamou a atenção foi a cena em que Greg estava conversando com o sequestrador e Jules escrevia em um bloco como Greg deveria agir. Que diferença da Jules insegura de Planets Aligned. Agora é ela que apoia o Greg e nesse caso passa as dicas de negociação.

Muito bem escrita a parte da mulher sentada do lado do passageiro impaciente. Ela acabou sendo uma das sequestradoras. E que atuação da atriz convidada Melanie Scrofano, sua personagem o tempo todo em contato com a SRU, posso dizer que graças a ela , deu tudo certo.

E Raf...matou a sequestradora. Ele teve que pela primeira vez, passar pela investigação. A única parte desse episódio que deixou a desejar, foi o final, onde o abraço entre Jules e Greg foi cortado. Acho que esse abraço seria essencial pois "pai" e "filha" estiveram tempo todo juntos, se ajudando.

Parabéns a fantástica direção de David Frazee. Flashpoint fica a cada dia melhor.