30 de abr de 2010

AMY JO JOHNSON E ENRICO COLANTONI: Fotos para uma boa causa

A famosa loja canadense de sapatos “Browns Shoes” reuniu 36 celebridades canadenses para uma causa nobre. A campanha se chama “Celebrity for Charity” que tem o intuito de ajudar instituições de caridade. As celebridades fizeram um ensaio usando os sapatos da Browns coleção Primavera/Verão, e as fotos foram lançadas na revista “B Magazine Celebrity Edition” esse mês.

A “B Magazine” é um catálogo da Browns que é publicada duas vezes ao ano, mostrando as tendências de moda pra cada estação. De inicio, pra essa campanha, a Browns Shoes doou $ 100,000 para as instituições de caridades apoiadas pelas lista de celebridades na revista.

Entre as celebridades convidadas estão nossos queridos atores, Amy Jo Johnson e Enrico Colantoni de "Flashpoint". Enrico apoia a instituição “Father Henry Carr – Field Of Dreams” que é uma escola católica do ensino médio em Etobicoke, Ontario. “Field of Dreams” é um projeto visa a contrução de uma grande área de esportes no fundo da escola , para o incentivo ao esporte na comunidade, apoiando os sonhos de muitas crianças. Amy Jo - que é a única celebridade que não é canadense nessa campanha – está apoiando a “Canadian Cancer Society” , uma organização canadense com base no voluntariado , cuja missão é a erradicação do câncer e a melhoria da qualidade de vida das pessoas que têm câncer. “Minha mãe faleceu por motivo de câncer em 1998. Ela lutou em uma batalha de 10 meses com graça e dignidade. Ela sempre será minha heroína.” Diz Amy Jo na “B Magazine”.

Cada celebridade abraça uma causa social diferente. Podemos destacar mais celebridades como os atores Jason Priestley, Christopher Plummer e Catherine O’Hara e ainda a modelo Coco Rocha, que estampa a capa da edição. A Browns Shoes tem 47 lojas em todo o Canadá e doa 10 por cento dos lucros para a caridade.

Fiquem agora com as fotos de Amy Jo Johnson e Enrico Colantoni na "B Magazine Celebrity Edition":




Parabéns ao Enrico e Amy Jo por se juntarem a essa causa e apoiarem intituições que fazem um trabalho tão bonito. Mais informações sobre as intutuições que eles estão apoiando, podem ser encontradas nos seguintes sites:
"Father Henry Carr": http://henrycarr.ca/
"Canadian Cancer Society" : http://www.cancer.ca/

FONTES:
http://www.montrealgazette.com/entertainment

*Informações sobre essa matéria nos foi enviada pelo blog "Amy Jo Brasil". O blog ainda está em reforma e como ele é um parceiro do "Flashpoint Brasil", estamos publicando a matéria e dando os créditos ao AJB.
*montagem no início da matéria feita pela equipe do FPBR.



27 de abr de 2010

Entrevista com Enrico Colantoni

Enrico Colantoni recentemente cedeu uma entrevista ao site Monsters & Critics. Ele fala sobre Flashpoint, policiais e muito mais! Abaixo, a entrevista completa traduzida:

ENTREVISTA COM ENRICO COLANTONI DE FLASHPOINT

A série da CTV e CBS "Flashpoint" é um forte drama policial, que nos leva aos bastidores da unidade de emergência de Toronto.

Os homens e mulheres da equipe são uma elite, time altamente treinado que lida com as tarefas mais perigosas; pois eles enfrentam riscos mortais e suas histórias para fazer drama fascinante.

A premiada série está nomeada para quatro prémios "Ninfa de Ouro", como parte do Festival de Monte Carlo no próximo mês, incluindo "Melhor Ator" para Enrico Colantoni.

Colantoni, que estrelou "Just Shoot Me" e "Veronica Mars", voltou para Toronto, onde Flashpoint é filmado. Ele interpreta o sargento Gregory Parker, que tem um significado especial para ele.

Monsters and Critics - O seu irmão estava no trabalho na tarefa Força Tarefa de Emergência da Polícia de Toronto. Portanto, há uma conexão emocional para você além das histórias.

Enrico Colantoni - Tantos níveis e levam a Toronto. Meu irmão foi um policial por 30 anos e eu estava sempre em contacto com amigos de seu time da Força Tarefa de Emergência(ETF). É ótimo se reconectar com a cidade,com passado e com minha família. Eu sempre quis ser um policial porque eu adorava meu irmão, e os uniformes eram legais.

M&C - Oh, sim, eles são o tipo ameaçador e ainda "sexy".

EC - Estamos felizes com os uniformes! Em um episódio do ano passado, Parker foi atingido na cabeça e sequestrado, foi desconfortável, porque eu não cheguei a usar o uniforme. Eu estaria arrastando meus pés e em seguida, colocaria e lá estaria minha capa! Lembro-me de meu irmão chegando em casa depois do trabalho e foi difícil para ele largar a atitude. Mas estou grato que Parker lidera com o seu coração e não com o peito.

M & C - As histórias são realmente arrancadas das manchetes de Toronto e tem um forte elemento de notícias. O quanto perto ele fica?

EC- Sei por certeza que que nós tivemos que afastar dos segredos da polícia e coisas desse tipo, não chegar muito perto, mas ainda nos esforçamos para trazer autenticidade suficientes para aquele mundo, mas não podemos sempre. É ainda de entretenimento e alguns procedimentos foram alterados, e agora estamos fazendo o trabalho. Nós não somos heróis de ação. A parte bonita é a de que um policial que se senta e assiste o show não pode concordar com as táticas ou apreciar o contexto emocional, mas quando o dia está feito, cada policial é lembrado por que ele faz o que ele faz, nós os lembramos, e o quanto difícil pode ser o trabalho.

Eles vêm até mim e dizem obrigado, alguns de forma emocional. Mostramos o que esse policial que puxou o gatilho está passando. Nós não difamamos ninguém. Todo mundo está sofrendo e as consequências de ter um dia ruim ou de perder alguma coisa é tudo sobre o custo humano.

Eu posso revelar é que o show não é sobre a ETF em Toronto. O que torna o ETF é tão maravilhoso que lidar com cada chamada, cada mandado é servido em Toronto pelo ETF.

Um policial regular não cumpre mandados de prisão, pois eles são a unidade mais movimentada da SWAT na America do Norte. Eles trabalham juntos, treinam juntos, constantemente, constroem conjuntos de habilidadess e suas mentes são nítidas e a precisão é nítida porque se exercitam novamente e novamente e novamente no campo. A porcentagem dessas chamadas alto risco é baixo, mas eles diriam que dez por cento tem perigo real.

A outra coisa legal sobre esses caras é que eles adoram fazer isso. Às vezes, eles estão prestes a entrar em uma casa e eles se olham e dizem "nós começamos a fazer isso!" Eles ainda estão brincando de polícia e ladrão, e cara, eles estão arriscando suas vidas, eles têm que amar isso!

M & C - Há uma enorme tensão e drama nas histórias, é muito forte. Isso tem um efeito em você ao longo do tempo?

EC - A segunda temporada tivemos que atirar em uma atriz. Me lembro de ir para a cama e dizer para mim mesmo 'poderíamos ter salvado ela!" Lembro-me de fazer a matemática!
M & C - Você é um ator canadense que teve muito trabalho nos EUA. O que é melhor, estar em um show americano de sucesso ou em um show canadense de sucesso?

EC - O sucesso é o mesmo, embora se sente melhor, que estando de volta em casa é o seu próprio sucesso e finalmente, ser reconhecido pelos canadenses, meus compatriotas, e que tem o seu próprio atrativo especial.

Estaria em "Veronica Mars" voltaria a Toronto e ninguém saberia quem eu era. Agora, eu não posso andar pelo centro sem pessoas me parando constantemente. O sucesso de estar em casa em um show que está sendo abraçado pelos canadenses é uma espécie de próximo nível para mim.

Eu sinto que o amor e a apreciação em ganhar um Gemini (prêmio para a televisão) é "uau"! Esse é o tipo de sucesso que essa validação significa, mais do que o dinheiro e o número de pessoas assistindo "Just Shoot Me".
_________________________________________________________________________________

Abaixo dessa entrevista, tinha uma nota do editor que dizia: "A produção de Flashpoint encerrará em 28 de maio. A CTV ainda não anunciou a data de estreia da temporada série canadense. A estréia na rede americana de televisão CBS ainda não está confirmada ainda a partir de publicação deste artigo."

Se a produção da temporada termina em maio, vamos torcer para pra que entre na grade da CTV em junho, onde normalmente as série estreiam na "summer season".

19 de abr de 2010

CHAT COM SERGIO DI ZIO: Flashpoint Brasil marcou presença.

Ontem aconteceu a premiação do Juno Awards e com isso o chat ao vivo que teve a participação de Sergio Di Zio (Spike) e outras personalidades da media canadense. Em nome do blog eu participei do chat e farei um resumo e os comentários de como foi .

O chat estava programado pra começar as 19:30 (horario canadense) não sabia que horas começaria no Brasil e nem se iria começar, pois a CTV tem a mania de não abrir certas páginas, como as de vídeo, para outros países, e como o Juno é uma premiação canadense imaginei que também não seria possível por aqui. Então fiquei um tempo na página da CTV e quando foi 20:00 mais ou menos aqui no Brasil a página de chat entrou em stand by com o aviso que começaria as 19:30 (Canadá). Dito e feito. As 20:30, no horário de Brasília o chat tem início na página da CTV e pra minha alegria, estava disponível também no Brasil.

Sinceramente, não imaginava que seria do jeito que foi. Ao mesmo tempo muitos fãs de Flashpoint entraram no chat dizendo de onde eram e desesperados procurando o querido “Spike” e eu entrei nessa: "Brasil! Cadê o Sergio Di Zio? Goo Flashpoint!"E nada dele aparecer...

Grande parte das pessoas no chat eram fãs de Flashpoint e não estavam nem aí pro Juno Awards, queriam falar com o Di Zio! As personalidades convidadas iam entrando pouco a pouco e todo mundo com a mesma pergunta “Cadê o Sergio?” . Alguém (que provavelmente estava organizando o chat) entrou dizendo que o Sergio entraria em breve.

Então exatamente as 19:54 (Canadá) ou 20:54 (Brasil) surge a mensagem na tela da conversa: “Oi todo mundo!!! Feliz Junos!!!” . Pra felicidade de todos os fãs de Flaspoint ele tinha acabado de entrar e ainda complementou: “Estão felizes por ver alguns incríveis talentos Canadeses!!”

Tenho que admitir que fiquei com pena do Sergio. Foi bombardeado por milhões de perguntas e comentários ao mesmo tempo sobre Flashpoint que provavelmente ele ficou sem saber o que fazer. E é claro deixei o recado: “Oi Sergio!!! Sou do Brasil!! Flashpoint é o melhor! Spike rocks!”

E ele - que deve ter ficado super sem jeito, por que afinal de contas era sobre o Juno que que ele deveria falar e não sobre Flashpoint -agradece a todos os comentarios e elogios pra série dizendo: “Obrigado gente! Vou passar isso para os meninos e Amy Jo!”e completa dizendo:” É a hora do Juno!”

De certa forma achei muito confuso, pois eram mais ou menos uns 10 convidados especiais participando do chat e os assuntos estavam rolando paralelamente pois os fãs de FP queriam somente conversar com o Sérgio, o fãs do Justin Bieber se misturavam na confusão pra falar com os outros convidados e assim cada um procurava o seu preferido. Era como uma janela do MSN com umas 100 pessoas ou mais, falando ao mesmo tempo.

Mais um comentário que deixei, foi dizendo o quanto ele a atuação dele foi fantástica em “One Wrong Move” e que ele merecia um prêmio. Ele ainda comentou com alguém sobre o Canadá: “Canadá é um lugar ótimo para se viver Kate! Somos agradáveis e amigáveis, e se você está vendo esta noite o Junos, provavelmente você está tendo uma idéia de como nossos talentosos músicos estão aqui.”

Resumindo, ele respondeu pouquíssimas perguntas, pois como eu disse, muitos querendo falar com ele ao mesmo tempo. Um momento que lembro foi quando ele disse: “algumas respostas sobre Flashpoint- estamos filmando novos episódios agora. a maioria do resto dos caras estão trabalhando hoje (a noite toda!) mas eu ao contrário, estou aqui pra algumas ótimas performances. Jenna, nós assinamos alguns box de temporada. E OBRIGADO a vocês por verem e amar o show. Agora, de volta para o Junos!” .Realmente eu senti que a obrigação dele era comentar sobre o prêmio e não sobre Flashpoint, porque uma hora ou outra ele mencionava o Junos meio se desviando de Flashpoint. Eu não o culpo. Provavelmente ele foi alertado antes que o assunto era Juno Awards e ele tinha que fazer o que eles falavam. Se a CTV não queria um monte de fãs comentando sobre Flashpoint no chat, então não chamasse o Sergio!

Mandei um comentário pedido pra ele dizer um “oi” pro Brasil, mas ele provavelmente não viu, pois de dois em dois segundos era uma mensagem nova na tela do chat. Pedi pra alguns seguidores do nosso twitter do Canadá e EUA que me ajudassem a pedir pra ele dizer “ Hello Brazil!” Mas quando ela foram mandar a mensagem o Sergio avisou que iria sair: ”Ei, eu tenho que ir. Aproveitam o resto do Junos, mais uma noite para o Canadá para se orgulhar do que fazemos. Tudo de bom!”

A participação do Sergio foi super rápida, (meia hora). Não sei se ele precisou voltar para a gravação, mas posso dizer que ele foi bem simpático com todo mundo e tentou realmente dar atenção pros fãs, mas ele deve ter percebido que estava bem difícil pois não eram somente os fãs de Flashpoint, outras pessoas bombarderam também a janela de mensagens com perguntas e comentários sobre o Juno.

Acredito que esse chat de ontem só fez provar mais uma vez o sucesso que Flashpoint alcançou, pois o tema que era Juno Awards, só voltou ao normal quando o Sergio saiu. Acredito realmente que ele deve ter ficado muito surpreso com todo o carinho demonstrado ontem no chat.

Logo depois que ele saiu , eu também fui e deixei uma mensagem no twitter, uma idéia em que CTV promovesse um chat com o elenco de Flashpoint, porque aí sim, o assunto seria só FLASHPOINT!

16 de abr de 2010

Sergio Di Zio em chat ao vivo

Fãs do Spike, podem ficar felizes! Nosso querido Sergio Di Zio estará nesse domingo, dia 18, ao vivo no chat do JUNO AWARDS!

Sergio se juntará a Tim Deegan da Much Music, Amber Mac da CP24, Melissa Grelo, Steve Anthony e Amber MacArthur. Participarão também do chat, diretamente da Rádio canadense CHUM FM, Richie Favalaro e Sandra Crawford.

Lembrando que o Juno Awards é uma premiação canadense da indústria musical. As festividades esse ano começaram no dia 12 e vão até o dia 18 de Abril, dia da cerimônia principal.

Então não se esqueçam! O chat será na página do Juno Awards na CTV às 19:30 (horário do Canadá) domingo, dia 18 de Abril. Ainda não sabemos o horário certo que começará aqui no Brasil. Aconselhamos que nos acompanhe pelo twitter, pois estaremos informando qualquer novidade. E é claro, nós da equipe não poderemos perder a chance de "chatear" com o Sergio Di Zio! Estaremos lá!

DVD da 1° temporada na França

Depois da Alemanha e Japão, a França é a próxima a lançar o box da 1° temporada de Flashpoint!

A data prevista para o lançamento é no dia 25 de Agosto desse ano. O box terá 3 discos, com o total de 540 minutos. Ainda não saiu nenhuma informação sobre quantos episódios o DVD terá e nem sobre os extras. Mas assim que for divulgado, será postado aqui.

A primeira temporada em DVD já está na pré-venda no Amazon francês. Como vocês podem perceber, dessa vez David Paetkau (Sam Braddock) divide sozinho com Hugh Dillon (Ed Lane) um espaço de destaque na capa.

10 de abr de 2010

Monte Carlo TV Festival 2010 : Indicadas a Melhor Atriz

Ao contrário de Hugh e Enrico, Amy Jo Johnson não precisa dividir com nehuma compenheira de elenco a indicação a Melhor Atriz por Flashpoint. Por mais que Amy Jo seja americana, ela está na disputa representando uma produção canadense, juntamente com Michelle Forbes de Durham County.


MELHOR ATRIZ - SÉRIE TV DAMA

CODE 37 (Bélgica)
Veerle Baetens

DURHAM COUNTY - SEASON 2 (Canadá)
Michelle Forbes

FLASHPOINT (Canadá)
Amy Jo Johnson


THE KILLING II (Dinamarca)
Sofie Gråbøl

THE CLASS: LIFE AFTER (Estônia)
Triin Tenso

SOKO LEIPZIG (Alemanha)
Melanie Marschke

MY SON: FIVE YEARS GONE (Itália)
Caterina Vertova
Alessandra Celi


JIN (Japão)
Miki Nakatani
Haruka Ayase


REAL ESTATE (México)
Fabiana Perzabal
Gabriela de la Garza


SPARTACUS: BLOOD AND SAND (Nova Zelândia)
Lucy Lawless

MARKED (Polônia)
Anna Dereszowska
Julia Wróblewska


NAKED CITY (Portugal)
Catarina Furtado
Cristina Carvalhal


THE ULTIMATE SECRET OF WARRIOR (Rússia)
Tatiana Abramova
Wan Yan


REMEMBER WHEN (Espanha)
Ana Duato
Maria Galiana


JOHAN FALK (Suécia)
Meliz Karlge

MERLIN (Reino Unido)
Angel Coulby

SKINS (Reino Unido)
Kaya Scodelario
Lisa Blackwell


WILD AT HEART (Reino Unido)
Dawn Steele
Hayley Mills


DEXTER (Estados Unidos)
Julie Benz
Jennifer Carpenter


LOST (Estados Unidos)
Emilie de Ravin
Yunjin Kim
Evangeline Lilly
Zuleikha Robinson


MAD MEN (Estados Unidos)
January Jones
Elisabeth Moss

Monte Carlo TV Festival 2010 : Indicados a Melhor Ator

Hugh Dillon e Enrico Colantoni concorrem na mesma categoria por Flashpoint. Hugh também foi indicado por Durham County. Sendo assim, os dois atores são os únicos representantes das duas produções canadenses indicadas, ao contrário dos Estados Unidos que possuem treze atores representando três produções.


MELHOR ATOR - SÉRIE TV DRAMA

CODE 37 (Bélgica)
Marc Lauwrys
Michaël Pas


DURHAM COUNTY - SEASON 2 (Canadá)
Hugh Dillon

FLASHPOINT (Canadá)
Hugh Dillon
Enrico Colantoni


THE KILLING II (Dinamarca)
Nicolas Bro

BRAQUO (França)
Jean-Hugues Anglade

SOKO LEIPZIG (Alemanha)
Andreas Schmidt-Schaller
Marco Girnth


THE TUDORS (Irlanda)
Jonathan Rhys Meyers

MY SON: FIVE YEARS GONE (Itália)
Lando Buzzanca
Giovanni Scifoni


JIN (Japão)
Takao Osawa
Masaaki uchino

REAL ESTATE (México)
Ari Brickman
Juan Angel Esparza


SPARTACUS: BLOOD AND SAND (Nova Zelândia)
Andy Whitfield
John Hannah


MARKED (Polônia)
Piotr Adamczyk
Arkadiusz Bazak


NAKED CITY (Portugal)
Pedro Laginha
Albano Jeronimo


THE ULTIMATE SECRET OF WARRIOR (Rússia)
Viktor Loginov
Chan Siu-Chun


REMEMBER WHEN (Espanha)
Imanol Arias
Juan Echanove


JOHAN FALK (Suécia)
Joel Kinnaman
Jens Hultén


MERLIN (Reino Unido)
Colin Morgan
Bradley James

SKINS (Reino Unido)
Jack O'Connell
Luke Pasqualino


WILD AT HEART (Reino Unido)
Stephen Tompkinson
Deon Stewardson


DEXTER (Estados Unidos)
Michael C. Hall
John Lithgow


LOST (Estados Unidos)
Naveen Andrews
Nestor Carbonell
Jeff Fahey
Michael Emerson
Matthew Fox
Jorge Garcia
Josh Holloway
Daniel Dae Kim
Ken Leung
Terry O'Quinn


MAD MEN (Estados Unidos)
Jon Hamm



Monte Carlo Television Festival 2010: Indicados a Melhor Produção Internacional - Série TV Drama

Como prometido, será postado a lista de indicações das categorias em que Flashpoint concorre no Monte Carlo Television Festival 2010.


MELHOR PRODUÇÃO INTERNACIONAL - SÉRIE TV DRAMA

CODE 37 (Bélgica)
Dirk Impens

DURHAM COUNTY - SEASON 2 (Canadá)
Janis Lundman
Adrienne Mitchell
Michael Prupas
Laurie Finstad Knizhnik


FLASHPOINT (Canadá)
Anne Marie La Traverse
Bill Mustos


THE KILLING II (Dinamarca)
Piv Bernth

THE CLASS: LIFE AFTER (Estônia)
Gerda Kordemets

BRAQUO (França)
Hervé Chabalier
Claude Chelli


SOKO LEIPZIG (Alemanha)
Norbert Sauer
Jörg Winger


THE TUDORS (Irlanda)
Morgan O'Sullivan

MY SON: FIVE YEARS GONE (Itália)
Giorgio Schöttler
Paola Masini
Sergio Giussani


JIN (Japão)
Akihiko Ishimaru

REAL ESTATE (México)
Marcel Ferrer
Mayolo Reyes


SPARTACUS: BLOOD AND SAND (Nova Zelândia)
Rob Tapert
Sam Raimi
Joshua Donen
Steven S. DeKnight


MARKED (Polônia)
Dariusz Gasiorowski
Artur Kowalewski
Dorota Chamczyk


NAKED CITY (Portugal)
Jorge Marecos

THE ULTIMATE SECRET OF WARRIOR (Russia)
Igor Prokopenko
You Xiao Gang


REMEMBER WHEN (Espanha)
Miguel Angel Bernardeau

JOHAN FALK (Suécia)
Joakim Hansson

MERLIN (Reino Unido)
Julian Murphy
Johnny Capps


SKINS (Reino Unido)
Bryan Elsley
Charles Pattinson
George Faber
John Griffin


WILD AT HEART (Reino Unido)
Charles Pattinson
George Faber
Ashley Pharoah


DEXTER (Estados Unidos)
John Goldwyn
Sara Colleton
Clyde Phillips


LOST (Estados Unidos)
Carlton Cuse
Damon Lindelof


MAD MEN (Estados Unidos)
Matthew Weiner
Scott Hornbacher


FONTE: http://www.tvfestival.com

9 de abr de 2010

Monte-Carlo Television Festival 2010

O ano de 2010 está sendo ótimo para Flashpoint. Sucesso internacional, lançamentos das temporadas em DVD e é claro indicações e prêmios.

Hoje, mas uma ótima notícia foi divulgada: FLASHPOINT RECEBE 4 INDICAÇÕES AO MONTE-CARLO TELEVISION FESTIVAL 2010!

E as indicações para Flashpoint foram:

Melhor Produção Internacional: Anne Marie La Traverse & Bill Mustos
Melhor Ator: Hugh Dillon e Enrico Colantoni
Melhor Atriz: Amy Jo Johnson

O Festival de Tv de Monte-Carlo entrega prêmios em várias categorias da TV mundial. O prêmio máximo do festival é uma estatueta, uma cópia em ouro da ninfa "Salmacis" da autoria do escultor François Joseph Bosio, também conhecida como ninfa dourada. E as indicações de Flashpoint concorrem à essa estatueta de prêmio máximo.

Séries como Lost, Dexter e The Tudors concorrem com Flashpoint em Melhor Produção Internacional . Na categoria Melhor Ator, Hugh Dillon (que também foi indicado por sua outra série Durham County) e Enrico Colantoni disputam entre eles e com atores como Michael C. Hall de Dexter e Matthew Fox e Josh Holloway de Lost. Na categoria atriz, Amy Jo Johnson entra na disputa com atrizes como Evangeline Lilly de Lost e Julie Ben de Dexter.

O MCTVF ocorrerá nos dias 6 à 10 de Junho de 2010 no Grimaldi Forum em Monte Carlo, Mônaco. Esses dias também serão especiais, pois a premiação celebra 50 anos.

A lista completa de indicações pode ser encontrada no site do oficial do Festival. Mas em breve estará também aqui no blog.

A equipe do FPBR parabeniza novamente toda produção de Flashpoint e ao atores Hugh, Enrico e Amy Jo por mais essas indicações!


FONTES:
*montagem no início da matéria feita pela equipe do blog