27 de mar de 2010

フラッシュポイント -特殊機動隊SRU

Vocês podem estar pensando: "Japonês no título da matéria do blog?" Não, vocês não estão lendo errado, não é problema com os sistema e nem com o blog! O título está assim pois nossa querida série vem conquistando o mundo, gerando mais motivos de orgulho para os criadores, atores e é claro, nós fãs!

Há algum tempo os fãs vem esperando o nome do Japão aparecer na lista de países que exibem a série. Muitos deles, grandes consumidores de séries de tv, já estavam transmitindo Flashpoint e a "terra do sol nascente" sem dúvida era também aguardada. Mas essa espera terminou! Mark Ellis “retwittou” uma mensagem de um fã japonês através de sua conta no Twitter. Depois de traduzir o que o fã disse, com ajuda de outro fã (@wegotthesolutn) ficava uma dúvida se a série estava sendo transmitida por lá ou não. Em resumo, o fã japonês elogiou a série e comentou sobre a música relacionada com os eventos do episódio. Então, no final se confirmou...Flashpoint está sendo transmitida no Japão sim! Logo depois as informações começaram a surgir sobre o assunto.

A parceira do Canal FOX, a FOXCRIME , está exibindo a série que começou em Fevereiro desse ano. Flashpoint, que do japonês pode ser traduzido como Flashpoint-Special Riot Police SRU, é exibida com dois episódios seguidos que vão ao ar todas as noites de sextas e sábados, sendo os mesmos episódios nas duas noites. Que privilégio hein?

O americano David Spector - que se tornou uma celebridade muito conhecida no Japão pois é comentarista em alguns programas de TV, colunista em revistas e escritor - comentou recentemente sobre a série e seu comentário está na página de Flashpoint no FOXCRIME (que está toda em japonês). Aqui vai a uma tradução do comentário de David Spector:

“Cada vez que eu assisto a série, a tensão indescritível é insuportávelmente boa!
O grupo da SRU da policia do Canadá é sempre legal, composto e profissional.
Eles são mais excelentes que o policiais americanos!
O elenco é também de bom gosto.
Predomina trabalho em equipe!

Haviam apenas dramas com time da SWAT americano, até agora. Desta vez, Toronto, Canadá é batizado, e se torna o palco.
A calma e profissionalismo fazem reluzir a SRU. Interessante! Tudo à primeira vista!
Mas a principal razão para eu assistir a esta série é porque Jules é fofa (risos)
Quanto ao homem que é o chefe e líder, "Parker", não dá pra brincar com este negociador.
O homem que sempre é confiável "Ed" é um excelente atirador primeiro.
O líder da equipe gradualmente reorganiza a equipe.

Estes adultos têm sex appeal. Especialmente a atiradora "Jules", ela é atraente! Estive apaixonado pela sua personagem desde o primeiro episódio.Estou ansioso para o desenvolvimento futuro da personagem.
O estreante, "Sam" (um sniper similar) reprime seus sentimentos e trabalha muito duro com o trauma de seu melhor amigo, que foi baleado por engano.
Além disso, há também "Spike", que conhece os explosivos e como eles funcionam, "Wordsworth" um marido devotado que tem um ritmo bom em combate ", Lewis", uma boa alma que se encarrega das armas não-letais, como pistolas de atordoamento e gás lacrimogêneo, e "Doutora Luria.

Enfim ... Flashpoint -Special Riot Police SRU
Ele se encaixa perfeitamente com tudo o que vê.
Eu vi todos os episódios.
É o melhor!”


Aviso: Devido ao tamanho extenso dessa matéria, resolvemos dividi-la em duas partes. A segunda parte está sendo preparada e logo estará no blog. Pra quem nos acompanha também através do twitter, fiquem ligados que será avisado sobre a postagem da segunda parte;)



*montagem da foto no início da matéria feita pela equipe do blog.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentários com spams, propagandas, correntes, assuntos fora do contexto da matéria ou do Fansite e conteúdos ofensivos, serão excluídos, assim também como comentários anônimos.