15 de ago de 2010

Review: Severed Ties

Severed Ties veio pra provar novamente que essa temporada de Flashpoint deixará muita gente sem fôlego e muitos lenços na platéia.

Enrico Colantoni e Kelly Rowan ganharam o episódio totalmente dedicado aos laços familiares. A emoção de Greg vindo a tona quando ele tem que lidar com uma mãe que seqüestra suas 2 filhas pois problemas de drogas e a prisão as tiraram de sua guarda. Greg se identifica com Maggie( Kelly R.) pois ele acabou perdendo sua família devido a bebida.

Um caso que parecia ser de abuso infantil se transforma e aterrisa na vida de Maggie. Ela acaba indo para o lado errado e seqüestra Becky e Riley. A SRU reponde a chamada onde acabam chegando ao “Ontario Science Centre”. Lembro que Mark comentou no twitter que a SRU estava correndo entre os dinossauros!

Maggie consegue fugir e leva as meninas até sua antiga casa. A SRU sai em perseguição e vai até o antigo apartamento de Maggie e descobre evidências de que ela pretendia ter suas filhas de volta e viver como uma família, mas se frustra quando descobre que tinha perdido a guarda definitiva das duas. Greg com sua emoção vindo a tona depois de assistir um vídeo de Maggie com Riley acaba sendo ríspido com Jules que volta ao caminhão e tem seu primeiro diálogo com Sam nessa temporada.

Becky começa a passar mal e as três vão até a farmácia. A esperta Riley consegue sair na distração e liga para a polícia e a SRU volta ao resgate. Maggie ameaça a farmacêutica que não consegue fazer muita coisa para salvar Becky que está em estado grave. Greg consegue entrar na farmácia levando os paramédicos com permissão de Maggie e aí começa grande cena do episódio, A negociação de Greg faz com que Maggie perceba que está fazendo tudo errado e piorando a situação. Com o amor de mãe que ela tem não querendo que suas filhas passem por aquilo ela se rende e sai presa enquanto vê Riley abraçando seus pais adotivos.

Na SRU, Greg percebe que precisa realmente ir atrás de Dean seguindo os conselhos de Ed. Sam e Jules conversam na saída do trabalho e percebemos uma aproximação maior entre os dois. Como disse David uma vez em um chat “o brilho ainda está lá...” Eu particularmente sou a favor do casal, um pouco de romance em meio a tanto drama num faz mal a ninguém não é mesmo? A série não irá perder seu brilho e seu foco adicionando um relacionamento entre membros da equipe, muito pelo contrário isso pode adicionar muito mais emoção do que já tem. Quem disse que amor proibido não é realidade?

Finalizando, Maggie nunca foi má. Ela simplesmente era uma mãe dedicada que amava suas filhas, mas por ironia do destino acabou escolhendo a pior situação para tentar se unir a elas novamente. E palmas para Enrico Colantoni, que me deixa cada dia mais sem palavras.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentários com spams, propagandas, correntes, assuntos fora do contexto da matéria ou do Fansite e conteúdos ofensivos, serão excluídos, assim também como comentários anônimos.