23 de fev de 2011

Review de "I'd Do Anything"


Uma história de amor , dinheiro e corrupção, esses são os temas principais do episódio "I’d Do Anything".

Tudo começa com uma cena romântica em uma boate, onde o casal discute sobre sobre o futuro e coisas q acontecerão aquela noite. Quando o homem se afasta, a mulher faz uma ligação, exatamente o que eu mudará tudo.

No QG da SRU, Wordy entrega a Ed roupas de suas filhas para o novo bebê que está chegando, mas Greg os interrompe quando chama para a sala de reuniões. Lá está a a detetive Merry Danner. Ela explica que estão de olho a um tempo em um homem chamado Alexander Carson que é chefe de uma rede especializada em roubos de cartões de créditos. Além disso Mark Griffin, um grande golpista está interessado no trabalho de Alex e quer comprá-lo. A operação da SRU é exatamente pegar os dois. O alvo: Subterranean Club, a informante : Jackie Emery. Jackie tem um caso com Alex e foi pega pela polícia devido a fraudes ajudando o amante. A detetive fez um acordo, ela informa e eles aliviam a pena. Jackie topou e se tornou o ponto principal da história. A equipe traça a estratégia e seguem para o clube.

Em algum lugar, um homem faz uma transferência de dados, essa pendrive chega as mãos de Alex. Thomas avisa sobre a chegada de Griffin. Alex se dirige até a sala reservada. Sam e Spike à paisana, vigiam Jackie. A detetive Merry se faz passar por uma cliente da boate para abrir caminho para o time entrar. Na sala Griffin executa a tranferência dos dados do pendrive para o notebook. Jackie sai do local e tranca a porta , sinal verde para a SRU entrar em cena. Eles invadem a boate e o pendrive é retirado por Alex antes de terminar a transação. Ele foge pela boate, a porta não estava trancada. A equipe procura por todos os lados e Alex, Jackie e Thomas vão para o terraço. Thomas diz a Alex que suspeita que alguém tenha contado para a polícia. Na sala reservada Spike descobre que a mulher que fazia a transação ativou o código de destruição limpando o disco rígido e Griffin é preso. Ales, Jackie e Thomas vão para um estacionamento, lá ele liga para uma pessoa atrás de dinheiro e roubam um carro. Spike tem uma chance de analisar o notebook da advogada enquanto o time analisa a situação de Jackie. Ele descobre que o disco não foi totlamente apagado e além disso vários endereços além de um em particular. A equipe chega ao local, que é uma lanchonete e segue até os fundos onde descobre um homem separando muito dinheiro. Eles descobrem que ele era cúmplice e levaria o dinheiro para Alex. A equipe segue para o local do encontro.

Alex e Thomas discutem pois Thomas acusa Jackie de ser a traidora. Depois de uma briga Alex atira em Thomas, matando-o. Os dois fogem. A SRU chega ao local e encontra o corpo de Thomas. Enquanto discutem a situação Alex e Jackie conversam no carro onde ela confessa tudo. É de se esperar a reação de Alex, muita raiva. Enquanto ele sai do carro Jackie aproveita e liga pra polícia. Greg a convence de dizer pra onde eles estão indo. A equipe segue para o Aeroporto e se divide. Eles investigam o local e Greg encontra Jackie no avião. Sam e Ed cobrem o perímetro e conseguem encurralar Alex. Depois de muita negociação ele se rende e pede para falar com Jackie. Os dois se encontram e são levados sob custódia. No QG da SRU, Greg e Ed conversam sobre a situação do dia e Ed diz a Greg que Sophie pediu pra escolher entre o trabalho e a família.

Gostei do episódio, talvez não tenha sido um dos melhores da temporada mas achei interessante o desenrolar da história e a boa divisão do elenco. O amor de Alex por Jackie que superou a traição dela e mesmo toda situação continuaram se amando. E Ed ficando numa saia justa com Sophie, agora é esperar pra ver se ele realmente levará adiante a sua escolha. Meus parabéns dessa vez ficando para ator convidado Tim Rozon que interpreta Alex.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentários com spams, propagandas, correntes, assuntos fora do contexto da matéria ou do Fansite e conteúdos ofensivos, serão excluídos, assim também como comentários anônimos.